PMDB, mais dividido ainda.

                               Se o PMDB já tinha duas alas, a de LHS/Pinho Moreira e a de Mauro Mariani/Paulo Afonso/Dário Berger, agora apareceu mais uma. Como o vice-governador Pinho Moreira está nos Estados Unidos, uma terceira via do PMDB está lançando agora a candidatura do deputado estadual e ex-secretário de Infra-estrutura Valdir Cobalchini ao cargo de vice-governador na chapa de Raimundo Colombo. Como o partido pretende que o vice seja o candidato a governador em 2018, esta ala pretende renovar os quadros e fortificar a sigla. Uma ala do oeste, da família Maldaner, também defende esta tese, pois neste caso com Cobalchini como vice, não seria candidato a deputado federal e os Maldaner ficariam mais tranquilos com a reeleição de Celso Maldaner como federal.                                                                          Longe destas brigas, o já ressuscitado Esperidião Amin, diz ter ouvido la no norte do estado a seguinte frase: ” com o PMDB no governo e mandando mais do que hoje, se reeleito, o governador Raimundo Colombo assume dia primeiro já como ex-governador. Tem o compromisso de renunciar em 2018, passar o governo para o PMDB e apoiar o candidato ‘a sucessão do PMDB”.                                Para quem conhece o político Raimundo Colombo, sabe que não será bem assim.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.