Portabilidade.

Amparado na resolução 3402/2006 do Banco Central, servidores públicos municipais, estaduais e federais podem optar e escolher o banco e a agência onde queiram receber seus salários. Isto não vem ocorrendo em Lages. A Prefeitura mudou o banco que opera as contas do município. Saiu o banco Itaú e entrou o banco Caixa Econômica Federal, em um processo com dispensa de licitação. Agora o LagesPrevi, está intimando compulsoriamente todos os servidores efetivos para que compareçam em uma reunião para assinar a conta no novo banco pois o salário de março/2013 será efetuado na CEF o novo banco. No teor do ofício deveria constar que a mudança é opcional, pois como moramos em um país democrático, faz a mudança quem quer. Os servidores estão se mobilizando para que ao menos os mais humildes sejam informados desta opção, se quiserem continuar no Itaú em  outra banco podem sim.

Mudança compulsória

Mudança compulsória

Publicado em Economia por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.