Poucos registros.

Esta eleição está lembrando os tempos da Lei Falcão, uma lei dos tempos da ditadura militar  quando pouco se podia fazer em termos de propaganda eleitoral. Em um evidente contraste com a democracia americana, onde quase tudo é permitido, sob o manto da austeridade e do equilíbrio, típico de ditaduras, na eleição brasileira quase nada é permitido.                                                                                    Sendo que o prazo para os pedidos de registro de candidaturas para as Eleições 2016 termina na próxima segunda-feira e a expectativa é de movimentação intensa nos cartórios eleitorais até as últimas horas desse período. Até esta quarta, Santa Catarina registrou apenas 579 requerimentos, sendo 29 para prefeito, 28 para vice e 522 para vereador. Como comparação, se considerado o pleito municipal de 2012, quando o Estado teve 17.662 políticos na disputa, os números deste ano representariam   3,2% do total de candidatos.                                                                                         urna-eletronica

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.